Dicas para começar no mundo da programação

Programação é algo buscado e disputado no mercado atualmente. As linguagens utilizadas são muitas e o conhecimento técnico valorizado. Apesar disso, a mão de obra qualificada ainda é escassa e o mercado passa por modificações, afinal de contas, não faz tanto tempo que esta profissão é valorizada e exigida.

Há diferentes opções para começar a estudar o mundo da programação. Os cursos online são uma ótima porta de entrada para o estudo da área e pode significar um upgrade na sua vida profissional. Além do mais, irá permitir que você ofereça novos serviços aos seus clientes. Até para quem pretende mudar de área, esta é uma boa opção e ajudará a mudar o foco de atuação.

Agora que você já sabe que é possível começar a aprender programação com cursos online, vamos listar seis linguagens para você entrar neste mundo e iniciar seus estudos. Cada uma delas traz certas vantagens e podem ser encontrados em diferentes cursos e tutoriais.

HTML e CSS

O conhecimento de HTML e CSS é a porta de entrada para qualquer desenvolvedor. Apesar de não serem linguagens de programação, são essenciais para que você comece seus trabalhos neste mundo. Em qualquer página da web há traços destas duas linguagens e até mesmo para aplicativos, é necessário conhecê-las.

HTML

Seu significado, HyperText Markup Language, deixa claro seu objetivo: marcação. Ela indica onde cada elemento deve estar. Atualmente, o HTML está em sua quinta versão. Apesar de existir opções de criar sites diretamente em plataformas prontas, como o criador de sites no WordPress, um conhecimento básico de HTML é essencial.

CSS

O Cascade Style Sheet é responsável por algumas características como cor, estilo e design. Para aprender o CSS, é necessário ter conhecimento de HTML, pois são linguagens interligadas. Os códigos de CSS devem ficar na estrutura HTML.

Javascript

Assim como as duas primeiras apresentadas, é largamente utilizada em sites e aplicações, mas não só aí. Sua importância vai além e existem até mesmo jogos feitos inteiramente nesta linguagem. Sua principal função é permitir a interatividade da página desenvolvida com movimentos e animações.

Java

Sua principal função e diferencial é o fato de que esta linguagem roda em qualquer sistema operacional, desde os sistemas mobile como Android e iOS, até plataformas desktop como Linux, Windows e MacOS. Sua versatilidade é tão importante que esta linguagem pode ser encontrada em calculadoras, rádios de carro e celulares. Java permite que você trabalhe com cloud computing, programação de robótica e desenvolvimento de apps.

Ruby

Esta, provavelmente, é a linguagem mais fácil dentre as apresentadas. Por ser bem parecida com a escrita em inglês, costuma ser a mais procurada por quem está começando. Seus comandos são de fácil entendimento, além de ser open source, focada em simplicidade e produtividade. Ela pode ser encontrada em desenvolvimentos orientados a banco de dados e está presente em muitos sites conhecidos. Porém, não se engane, sua facilidade existe, mas é necessário estudar para extrair o melhor desta linguagem. Google Reads, Airbnb, Ask.fm e Soundcloud são alguns exemplos do que é possível fazer com a Ruby.

Python

Aqui falamos de dados. Esta é a linguagem que irá permitir que você saiba manipulá-los como ninguém. Além disso, a Python também está presente no back-end de alguns serviços como Instagram e Youtube. Seu funcionamento é bem parecido com uma calculadora, o usuário inputa as variáveis e ela gera um resultado. Perfeita para análise de big data.

A programação está em tudo que usamos, desde aplicativos, computadores, sites e até mesmo no que chamamos de Internet of Things (IoT). Por isso, se você está pensando em entrar neste universo, apresentamos aqui um bom roteiro de iniciação. Agora é só colocar a mão na massa, estudar e começar a aprender mais. Se você já está em outro nível e quer colocar seus trabalhos no ar, fale conosco e conheça nossos planos de hospedagem de sites.