O que é HTML?

Por mais que sua empresa já tenha um site simples ou uma estratégia bem definida de inbound marketing, às vezes a equipe que cuida de seu espaço digital usa alguns termos complicados e de difícil entendimento. Uma delas é uma sigla bastante falada no universo de criação de sites: HTML. Você sabe dizer o que exatamente isso significa?

O que é HTML?

HTML é a sigla para Hypertext Markup Language, ou seja, Linguagem de Marcação de Hipertexto. Foi criada por Tim Berners-Lee, em 1990, com o intuito de interligar documentos e organizar a informação dos sites.

Mas atenção: HTML é uma linguagem de marcação, não é uma programação. Ela apenas vai informar, tanto ao humano quanto à máquina, onde está cada item da página. Ela não prevê eventos ou casos. Portanto, fique esperto ao ouvir de uma pessoa que se diz profissional na área que “programa” em HTML.

Códigos do HTML

As marcações do HTML são realizadas através de tags, para indicar as funções de cada elemento da página. Através dessas tags, é possível formatar textos, formulários, imagens, tabelas, listas, links, entre outros.

Toda página comum da internet começa com pelo menos três códigos básicos em HTML:

  • head;
  • body;
  • end;

A função da tag head é informar ao navegador qual o nome da página, se ele conta com algum tipo de programação específica etc..

Já no body, o desenvolvedor insere os comandos para a página em si. Os títulos dos textos são identificados pela tag , que é sempre acompanhado de um número, que vai de 1 a 6. Quanto menor o número, maior é a relevância do conteúdo na página. Ou seja: a tag “<h1>” é usada para títulos. Já a tag “<h2>” é usada para subtítulos, enquanto a tag “<h3>” é usada para tópicos desses subtítulos e por aí vai.

Para informar onde é cada parágrafo, inserimos o texto entre a tag “<p>”. Caso seja necessário realçar o texto com negrito, usa-se a tag “<b>” e, no caso do itálico, é usado o “<i>”. Em caso de links, a tag é “<a href>”, onde o “a” significa “ancoragem”, o “h”, “hipertexto” e o “ref” é para “referência”. Ou seja: ao usar a tag “<a href=”http://www.targethost.com.br”>”, o autor da página está solicitando ao navegador a ancoragem daquela página com o hipertexto de referência de endereço “www.targethost.com.br”.

No HTML, toda sessão precisa ser finalizada. E é essa a função da tag end, que vai determinar onde termina as tags head e body.

Posso criar o meu site apenas com HTML?

Na verdade, é possível, sim. Você pode criar site, preenchendo o conteúdo com imagens e textos, conectando suas páginas através de links. Afinal, é assim que acontece com todo site.

Entretanto, algumas linguagens de programação permitem o uso de recursos que podem trazer ao seu siteum aspecto mais profissional e atraente a quem for navegá-lo, além de poder torná-lo mais funcional. E, para quem usa um site para promover um produto ou um serviço, essas programações podem ser um plus para agregar valor ao que está sendo anunciado. E, nesse caso, o trabalho e conhecimento técnico de profissionais na área é mais do que bem-vindo.

Hospedagem de sites

Tenha você criado uma página da Web com HTML puro ou utilizado de linguagens de programação, o fato é que você vai precisar de um servidor para hospedar o seu site. E a Target Host, empresa de soluções em internet, é o que você precisa. Temos diversos planos de hospedagem de sites, que cabem no seu orçamento. Entre em contato conosco agora mesmo!