O que é AMP?

Como já falamos aqui anteriormente, a internet brasileira é muito lenta, fazendo com que muitos sites incríveis e bem planejados sejam mal aproveitados pelo usuário, pelo simples fato de não ter uma conexão adequada para carregar todo o conteúdo. Entretanto, mesmo com essa deficiência generalizada, ainda é possível gerar uma boa experiência a quem visita o seu site e continuar obtendo uma boa conversão. E uma saída para isso que tem se tornado uma tendência na internet é o AMP. Mas você sabe o que é isso?

O que é AMP?

AMP é a sigla para Accelerated Mobile Pages, páginas mobile aceleradas, em inglês. Na verdade, o AMP é um projeto, com iniciativa da Google em parceria com outras grandes empresas da internet, como o WordPress.com, Twitter, The Washington Post, entre outros. Como definido no próprio site do projeto, “o AMP é uma livraria de código aberto que promove um caminho direto para criar páginas da web que sejam inteligentes, suaves e que sejam de carregamento quase que instantâneo para o usuário.”

A criação de um verdadeiro ecossistema (como os criadores definem o projeto) como o AMP veio em boa hora. Na época da criação do projeto, calculava-se que 75% dos sites mobile demoravam mais de 10 segundos para carregarem completamente. Tendo em mente que 53% dos usuários da internet móvel não esperam mais que 3 segundos para que a página finalize o seu carregamento, a web contava com um ambiente mobile que não funcionava como deveria. O AMP vem justamente para reverter essa situação.

Para isso, o AMP promove uma série de otimizações que fazem com que o carregamento seja o mais breve possível, como permitir apenas scripts assíncronos, dimensionar todos os recursos estaticamente, remover qualquer JavaScript de terceiros do caminho essencial, exigir CSS de tamanho limitado, priorizar o carregamento de recursos, entre outras. Essas ações, claro, requerem conhecimento técnico e, para isso, é importante ter um desenvolvedor web no projeto. É válido, contudo, deixar claro que o AMP é apenas uma versão do site padrão otimizada para conexões lentas.

Essas otimizações, por um lado, significam, por exemplo, que aquele slider que o programador já está acostumado a encontrar em Jquery não vai funcionar. Porém, a própria Google disponibiliza uma série de alternativas para que recursos encontrados no site padrão também possam ser vistos na página em AMP.

O que eu preciso para criar um site AMP?

O projeto AMP quer que o maior número de sites sejam adaptado para esse formato. Por esta razão, a “transformação” de uma página em AMP é facilitada através de plug-ins que estão disponíveis no WordPress, por exemplo. Também é possível encontrar templates em diversos sites especializados, o que facilitam a criação da página. E o melhor: tudo de graça. Ou seja, para criar um site otimizado em AMP, só é necessário ter domínio de desenvolvimento de sites.

Hospedagem para sites

Se você está pensando em criar um site, ou se caso já tenha um, é importante ter sempre em mente que o tempo de carregamento precisa ser levado em consideração para que o usuário possa ter uma boa experiência na hora de navegá-lo. Se, por um lado, ter um site de carregamento leve é fundamental, ter o site hospedado em um servidor que funcione de verdade também é de grande importância. Pensando nisso, a Target Host, empresa de soluções em internet, conta com diversos planos de hospedagem de sites. Certamente, um deles se encaixará ao que você e seu site precisam. Entre em contato conosco e solicite um orçamento agora mesmo!