Hospedagem para e-commerce: vale a pena?

Oferecer a hospedagem para e-commerce tem sido um dos negócios mais rentáveis nos últimos anos. Os negócios online têm movimentado cifras elevadas e muito atrativas no Brasil.

A cada dia que passa, novos e-commerces de áreas das mais distintas que você possa imaginar são lançados no país, de lojas de roupas a cosméticos, de produtos naturais a livrarias. São vários segmentos para explorar. Em 2018 a perspectiva de crescimento para o setor de comércio eletrônico chegava a 12%, segundo dados do EbitNielsen.

Hospedagem para e-commerce
Hospedagem para e-commerce

Em 2018 , o segmento de e-commerce gerou lucros maiores do que o esperado no Brasil, com faturamento de R$ 52,3 bilhões. As altas estão sendo acumuladas. Por isso, se a sua empresa trabalha com hospedagem para e-commerce, ela está oferecendo infraestrutura para um nicho extremamente lucrativo. E há muito vem sendo aproveitado por empresários de todos os calibres, desde os MEIs (Microempreendedores Individuais), que precisam de um comércio online para enviar seus produtos artesanais; até grupos que giram milhões de reais em artigos esportivos, no setor calçadista, entre outros.

O último relatório Webshoppers 38 também apresentou números muito positivos relacionados ao comércio eletrônico. Foram realizados, em 2018, cerca de 120 milhões de pedidos, de clientes de todos os lugares do Brasil. Gerando um intercâmbio de negócios que faz empresas localizadas no Sul entregarem seus produtos para a Região Norte do país. O tíquete médio também está longe de ser baixo, pois ficou em torno de R$ 445 para cada compra.

Não é à toa que muitas empresas estão se adaptando para oferecer hospedagem para e-commerce, além de outros atendimentos para que as empresas que nasceram para o comércio eletrônico ou que ainda estão migrando para o espaço virtual tenham a infraestrutura necessária para atender seus clientes.

A hospedagem de qualidade, principalmente para e-commerce, é essencial para que o servidor suporte uma grande quantidade de transações e dados. Entre os setores de e-commerce que mais venderam em 2018, estão os seguintes, por ordem:

  • Cosméticos;
  • Perfumaria;
  • Moda.

Mesmo assim, não podem ser desprezados outros segmentos. Os eletroeletrônicos, por exemplo, estão em amplo crescimento, com clientes-finais cada vez mais à vontade para fazer suas compras online.

Se você está querendo oferecer hospedagem para e-commerce, fique ligado nos atrativos que uma loja virtual disponibiliza para os empresários. Ofereça um servidor de qualidade agora mesmo, antes que fique de fora deste negócio que não para de crescer.

Quem opta por e-commerce está interessado em reduzir custos operacionais fixos, vender para clientes de vários lugares do Brasil. Além de buscar um baixo custo para abrir um negócio, flexibilidade nas vendas, funcionar em tempo integral, entre outros atrativos.

Agora, sem uma hospedagem de qualidade fica difícil oferecer uma loja virtual que tenha segurança e estabilidade, por exemplo. Se o servidor for instável, não houver estrutura e tecnologia para suportar banco de dados, entre outras tecnologias e soluções, um comércio eletrônico não consegue se estabelecer e muito menos crescer em um mercado que se mostra cada vez mais competitivo.

Conte com a parceria da Target Host!

A Target Host é uma empresa de hospedagem de sites, registro de domínios nacionais e internacionais, infraestrutura cloud e outras soluções de hospedagem para e-commerce, com credibilidade no mercado e premiada por oferecer serviços diferenciados. Faça uma parceria conosco agora mesmo!