Quais as vantagens de usar o marketing digital?

Núcleo de redes sociais | Quais as vantagens de usar o marketing digital?Qualquer empresa hoje em dia precisa estar nas redes sociais, seja para divulgar produtos ou serviços. O que muitos não sabem é que o marketing digital traz diversas vantagens para o seu negócio.

Os usuários pesquisam na internet sobre um produto antes de finalizar um processo de compra. E, se sua empresa oferecer um bom atrativo para esse cliente em potencial, provavelmente ele irá finalizar. Se você não sabe por onde começar, nós vamos te dar uma dica. Mas antes de qualquer coisa, é preciso entender o que é o marketing digital.

O que é marketing digital?

O marketing digital consiste nas ações dentro do ambiente online com o objetivo de atrair leads, criar relacionamentos e promover uma identidade da marca ou empresa. O marketing digital é uma espécie de marketing de atração e suas premissas principais são: técnicas de SEO, marketing de conteúdo e estratégias em redes sociais. Vamos falar melhor sobre cada uma delas ao longo do texto.

O marketing digital deslanchou quando a internet se tornou uma grande fonte de pesquisa e troca de informações que conhecemos hoje. Assim, o processo de compra mudou e, então, os usuários pesquisam, buscam opiniões e analisam produtos e serviços antes de efetuarem a compra. O marketing digital é uma ótima oportunidade para marcas reforçarem sua identidade.

Inbound Marketing

Como já falamos anteriormente, o Inbound marketing é uma estratégia usada como forma de atrair o interesse de usuários. Essa técnica visa melhorar a comunicação entre marcas e consumidores, de forma a gerar conteúdo relevante e pertinente. Uma das grandes diferenças para o marketing tradicional é que o Inbound Marketing atrai o lead sem interrupção, como é o caso de anúncios de TV.

Técnicas de SEO

O SEO significa Search Engine Optimization e basicamente são técnicas que ajudam seu site a ter um bom ranqueamento e posicionamento nos buscadores como Google e Bing. Ou seja, o SEO, junto com outras estratégias, é essencial para tornar um site visível e de fácil acessibilidade para os usuários da rede.

Estratégias para redes sociais

Todo mundo sabe que não basta apenas estar presente nas redes sociais. É necessário gerar conteúdo relevante e de qualidade para gerar engajamento com os usuários e atrair leads. As redes sociais também são ótimas ferramentas para promover seu negócio, pois é possível criar anúncios segmentados para atingir potenciais consumidores. Além de ser bem mais baratas de se investir, se comparadas a outros meios de mídias.

Ficou claro que a comunicação precisa estar integrada, e o marketing digital abrange todas as plataformas online, como site, blog e redes sociais. Então, que tal começar agora a implementar o marketing digital e alavancar seu negócio?

A Target Host, empresa de solução de internet, pode te ajudar se você vai criar o seu primeiro site. Oferecemos serviços de hospedagem, registro de domínio, hospedagem e-commerce, entre outros. Entre em contato, confira pacotes e solicite o orçamento!

Descubra como abrir uma loja virtual

Os planos para montar uma loja virtual (não confunda com marketplace) devem ser analisados com muita calma, pois demanda tempo e conhecimento para decidir. Traçar uma boa estratégia de marketing é o mais importante para iniciar qualquer negócio. Registrar dúvidas e possíveis emergências, definir o público-alvo e quais produtos serão vendidos, registrar o domínio e escolher a plataforma são alguns dos passos necessários para começar a organizar sua loja virtual.

Mini carrinho de compras em cima do notebook | Descubra como abrir uma loja virtual

Estratégia de marketing para loja virtual

É importante que a estratégia seja pensada desde o início, até a hora exata da divulgação. Pensando em formas de divulgar a loja tanto com anúncios pagos, quanto com anúncios orgânicos.

Plataforma

A plataforma escolhida deve ser bem pensada, já que precisa ter qualidade e ser flexível ao tipo de serviço e produto oferecidos. As plataformas pagas normalmente oferecem melhores serviços para todo tipo de loja virtual, além de suporte técnico e maior opção de personalização. Enquanto as gratuitas deixam a desejar no atendimento técnico e se limitam mais.

Versão mobile e aplicativo para loja virtual

Hoje em dia, é imprescindível que o site tenha uma versão mobile para agradar a todos os clientes. Uma outra ótima alternativa é a venda pelo aplicativo da loja, que oferece praticidade e engloba acessos de um público ainda mais digital, o bom é investir em todas as plataformas.

Segurança na loja virtual

Ter um manual de uso na hora da compra pode auxiliar o usuário a fazer corretamente, além de ajudar na fidelização do cliente, por causa da informação concedida. O protocolo https é necessário para o seu site, para se prevenir de possíveis furos na segurança.

Divulgação

Divulgar é o próximo passo. E isso irá proporcionar o retorno do seu público-alvo e a melhor definição dele. Nessa etapa, toda a estratégia de marketing entrará em ação e é preciso investir na captação de novos clientes. Sua loja terá o retorno se está indo pelo caminho certo ou não.

Fidelização do cliente na loja virtual

Manter um site com boa aparência, informações claras, página de trocas e devoluções, proteger os dados e ter uma manutenção ativa são os principais passos para garantir a fidelização do cliente à sua loja virtual.

Se você ainda não está convencido, confira nossa matéria mais aprofundada sobre os benefícios de ter uma loja virtual.

Saiba também quais os melhores sistemas de gerenciamento de conteúdo para web.

A Target Host, empresa de solução de internet, oferece serviços de hospedagem, registro de domínio, hospedagem e-commerce, entre outros. Entre em contato, confira pacotes e solicite o orçamento!

E-mail marketing: saiba como funciona e conheça as vantagens

A interação entre colaboradores de uma empresa é imprescindível para que a comunicação funcione de forma eficiente. Uma das ferramentas que serve para fortalecer isso, é o e-mail marketing. E, apesar de ser um hábito que vem crescendo mais e mais dentro das empresas, ainda há muitas dúvidas sobre o assunto, tanto sobre o funcionamento, quanto sobre os resultados que esse serviço pode impactar dentro das empresas.

Para começar, o e-mail marketing é uma ferramenta que permite programar uma sequência de e-mails que será enviada automaticamente a todas as pessoas cadastradas na lista, anunciando, promovendo e aumentando as oportunidades de venda do produto da sua empresa. Hoje em dia, banners em redes sociais e blogs não bastam, já que muitas pessoas não observam anúncios oferecidos nesse tipo de abordagem. Portanto, a partir do momento em que você envia um conteúdo de qualidade para sua lista de contatos, a chance de conversão aumenta.

O público selecionado dessa lista é formado de acordo com seus interesses em comum com a empresa ou produto oferecido, e como a maioria das pessoas possui e-mail, essa abordagem direta costuma funcionar.

E-mail marketing
As vantagens do e-mail marketing

O e-mail marketing é muito popular, pois a divulgação é precisa e rápida, gera mais tráfego para blogs e mais seguidores em redes sociais, curtidas em sua fanpage e consolida sua reputação como empresa ou produto. Além disso, tem outras vantagens, tais como:

  • A capacidade de distribuição de mensagens para grande quantidade de pessoas, por um preço relativamente baixo, quando comparado com outras mídias.
  • Chega direto ao cliente, ao contrário de esperar que ele chegue até sua empresa ou seu produto.
  • Permite criar estratégias de marketing utilizando vários e-mails que se complementam, o que é muito usado em datas comemorativas.
  • Envio rápido, pois quando um e-mail é enviado, ele chega ao seu destino em poucos segundos.
  • Permite rastrear facilmente os cliques, as assinaturas e respostas negativas ou positivas.

Estratégias, retorno e iniciação

O e-mail marketing transformou a maneira de como o marketing é feito. Com mais prós do que contras, é uma ferramenta que já conquistou o mercado e a tendência é de crescimento. Por ser feito de forma instantânea e ter o retorno muito rápido, atende as exigências atuais da praticidade que a internet nos dá.

Em comparação com os outros tipos de comunicação de marketing, essa ferramenta ganha no custo-benefício e na agilidade. E a melhor estratégia para definir se o público está interessado pelo e-mail, é segmentar todos os clientes por nichos e enviar apenas para aqueles que realmente têm chances de darem importância ao assunto. Pois o importante é saber se a estratégia está sendo bem planejada e executada.

É muito importante saber quem escolher na hora de definir uma empresa especializada em serviços de e-mail marketing . A Target Host oferece os serviços necessários. Além de outros planos e serviços que cabem no seu orçamento, de maneira segura e eficiente. Consulte os nossos planos!

Vantagens do e-mail marketing

Existia o boato de que o e-mail marketing seria substituído por outras mídias sociais e que seu uso seria descontinuado. Porém pesquisas apontam que ele ainda gera mais conversão que os demais canais. Isso acontece por se tratar de um meio de comunicação bastante próximo do público. As pessoas interagem ao se inscrever para receber novidades e newsletters sobre uma determinada empresa ou serviço.

e-mail marketing

O que é e-mail marketing?

O e-mail marketing é um tipo de marketing direto com o intuito de melhorar o relacionamento entre o cliente e a empresa para aumentar suas conversões. Com envios segmentados e relevantes, a empresa é capaz de engajar os consumidores. Eles são informados sobre conteúdos e incentivadas a avançar no funil de vendas até a conversão final.

Vantagens

Baixo custo

O e-mail marketing é uma ótima maneira de alcançar o público-alvo e os potenciais clientes de forma estratégica, econômica e operacional. É uma ótima ferramenta para lançar um evento, produto ou informação.

Tempo de vida mais longo

Em algumas redes sociais como Twitter e Snapchat as publicações são em tempo real e a comunicação é mais rápida e objetiva, enquanto no Facebook os algoritmos limitam a quantidade de pessoas que vão visualizar o conteúdo. Já os e-mails permanecem na caixa de entrada do usuário e ele pode abrir e visualizar o conteúdo no momento que desejar, sem sentir-se invadido.

Acompanhamento e monitoramento

O e-mail marketing permite uma análise da taxa de abertura, cliques e descadastramentos. Diante desse cenário, é possível moldar o seu conteúdo para ser cada vez mais assertivo e gerar novas conversões.

Se você pretende começar a trabalhar com e-mail marketing na sua empresa, precisa conhecer a Target Host, empresa de soluções de internet. Temos planos de e-mail marketing compatíveis com o seu negócio. Entre em contato conosco e solicite um orçamento.

E-mail marketing funciona?

Sejamos francos: muitas pessoas têm um verdadeiro preconceito com o email marketing. É comum logo pensar em sua caixa de entrada lotada de informações e promoções que nem sempre serão interessantes ao usuário. Isso se deve ao fato de que, até pouco tempo atrás, muitas empresas não tinham boas estratégias de como planejar e executar o email marketing de forma eficiente. Mas, ultimamente, novas formas de pôr essa tática em ação têm dado ótimos retornos a quem investe nela, principalmente no que se refere ao financeiro.

cartinhas coloridas lembrando o email marketing

Os objetivos do email marketing

Nem só de anúncios e vendas vive uma empresa. Faz parte da comunicação corporativa tratar de outros temas institucionais, como o envio de um parabéns pelo aniversário do assinante ou uma declaração de apoio a causas sociais, por exemplo. E usar o email marketing para uma comunicação direta com o consumidor é uma ótima tática de fidelização da clientela.

E mesmo que o objetivo principal seja a venda, ainda existem ótimas formas de incentivar o público a ler o conteúdo ou a clicar e consumir a oferta. Por exemplo, usar o espaço para o assunto do e-mail com um CTA (sigla em inglês para Call to Action, que significa “Chamada para ação”) atraente do tipo: “Se você soubesse o tamanho do desconto que tem aqui nesse email, você já teria clicado!”. E, claro, dar descontos exclusivos (e interessantes) para quem lê o conteúdo. Atualmente, existem empresas de e-commerce que têm com o email marketing como a principal fonte de receita e que, se parassem de usá-lo, simplesmente quebrariam. Ou seja:

Email marketing funciona!

Mas, para que funcione de verdade, é importante que haja estratégias também sobre para quem disparar um email. Se o seu público é bastante variado, certamente não serão todos que se interessarão pelo assunto tratado (mesmo se for uma grande promoção). Pensando em economia e eficiência, é mais viável enviar um mesmo email para menos pessoas, porém segmentadas num mesmo nicho. Aqui, quantidade não é qualidade.

Empresa de serviços de email marketing

E aí, está pensando em começar a trabalhar com email marketing na sua empresa? Ou você já trabalha, mas está insatisfeito com quem o gerencia? Nós da Target Host, empresa de soluções de internet, temos planos de email marketing compatíveis com o seu negócio. Entre em contato conosco e solicite um orçamento.

Veja alguns exemplos de e-mail marketing para se inspirar.

Como definir um orçamento de campanha pelo funil de marketing

Em toda campanha que é feita, as pessoas estão buscando atingir uma meta. Para nosso cálculo do orçamento vamos passar por quatro passos que irão nos ajudar a definir um orçamento de marketing para uma determinada campanha.

funnel_blank

Definir uma meta de vendas

1. O primeiro passo é definir a meta da campanha. Isso pode ser feito analisando seus números anteriores, como por exemplo, seu número de vendas do último ano. Tendo esse valor basta fazer uma estimativa de quantas vendas quer ter no próximo ano. Para pessoas que gostam de ter uma margem de segurança, pode ser feita a conta de três metas diferentes, pessimista, realista e otimista.

Cliques X Conversões

2. O segundo passo é fazer uma relação de cliques e conversões, isso é, quantos clicks são necessários para se converter em uma venda. Para este cálculo, basta dividir o número de clicks em seu anúncio pelo número de conversões, o valor encontrado será em média a quantidade de clicks que são necessários para se ter uma conversão. >

Meta X Cliques

3. O terceiro passo é calcular quantos clicks são necessários para atingir a meta da sua campanha, para isso, você deve multiplicar o número de vendas que definiu como meta no primeiro passo e pelo número que achou no segundo passo (clicks/conversões).

Resultado

4. O quarto e último passo para finalizar o orçamento de marketing digital, é calcular o quanto você precisará gastar na campanha. Como a maioria dos anúncios digitais são cobrados por click, basta consultar qual é o valor cobrado por cada click e multiplicar pelo número de clicks que você calculou no terceiro passo. A partir de agora você já sabe o quanto deve investir para que alcance o número de vendas desejadas.

Vale ressaltar que como qualquer outra campanha de marketing, as previsões não são exatas. Elas são uma probabilidade aonde podem existir variações tanto para baixo quanto para cima da meta. Isso porque utilizamos valores passados e o comportamento dos consumidores pode mudar de um ano para o outro. Assim como os valores de venda podem mudar por fatores externos, seja pelo clima, momento econômico do país, dentre outros. Mas é uma forma de ter uma noção de quanto você deve investir. Para assim, obter próximo ao valor estimado como meta.

Exemplo numérico

1. No mês de janeiro do ano passado, a empresa realizou 200 vendas. Para o próximo ano, tem-se a meta de aumentar o número de vendas em 10%. Temos, então, como meta 220 vendas (200+(200×10%)=220).

2. No mesmo mês estudado, a empresa teve uma média de 100 clicks para cada conversão. Houve um total de 20.000 clicks nas campanhas e desse número 200 vendas foram feitas (20.000/200=100).

3. Para descobrir quantos clicks são necessários, basta multiplicar os valores encontrados nos dois primeiros passos (meta de vendas e a quantidade média de clicks necessários para se ter uma venda). Multiplicando esses valores, se conclui que a empresa precisa de cerca de 22.000 clicks em sua campanha (220×100=22.000).

4. Consultando os preços que são cobrados por clicks nos meios de publicidade, observa-se que é cobrado 10 centavos por click. Para termos o custo da nossa campanha teremos que multiplicar a quantidade de clicks encontrada no terceiro passo (22.000) pelo preço de cada click (R$0,10) tendo assim um orçamento de R$2.200,00.

A influência da internet na hora da compra

AlPesquisar na internet já se tornou tão natural quanto dar bom dia. Em nosso mundo atual, praticamente todas as pessoas que têm acesso à internet costumam pesquisar sobre qualquer coisa, dos mais variados temas. E isso acontece também na hora da compra. Estudos recentes mostram que quase ¾ dos consumidores buscam, antes de comprar, conhecer melhor sobre o produto a ser adquirido.

Entretanto, sabendo que qualquer um pode falar o que bem entender pela rede, seja algo bom ou não, como o empreendedor pode aproveitar a internet para melhorar a reputação da sua empresa e, consequentemente, atrair ainda mais clientes?

A influência da internet na hora da compra

As redes sociais influenciam na compra

Muitas pessoas são influenciadas pela opinião de quem as cerca. Se muitas pessoas falam mal de algum produto ou serviço, a tendência é de que ainda mais pessoas passem a evitá-los. Por isso, é importante acompanhar as redes sociais. Em um estudo rápido de marketing, é possível conhecer quem é o seu público-alvo e atuar nas redes em que seus clientes estão inseridos. Álém disso, é importante publicar conteúdo que seja interessante a quem irá procurá-lo, bem como interagir com os clientes que procurarem a empresa. Atualmente, existem empresas de marketing digital que são especializadas neste tipo de serviço. Já pensou em ter sua própria loja virtual? Aqui você vai saber como.

Ter um site funcional e bem elaborado é importante

Também é de muito bom tom ter um site próprio, estruturado, que seja atualizado periodicamente com conteúdo interessante e que estimule o engajamento do cliente com seu produto. Nisto, também vale a pena prestar atenção em outros fatores que podem ser decisivos, entre o cliente comprar o seu produto agora mesmo ou “esperar para quando estiver com mais tempo”, como por exemplo o fato de ter um site otimizado, que não demore para carregar e seja fácil de ser localizado, com um domínio próprio, que é o que permite ter um endereço que encaminhe o cliente diretamente ao site.

Soluções de internet é na Target Host

Na internet, como pudemos ver, cada mínimo detalhe conta para que a sua empresa e seu produto se tornem mais atrativos para o cliente. Pensando nisso é que a Target Host, empresa de soluções de internet, tem diversos serviços que podem ser usados como diferenciais não só no seu site, mas também para elaboração de lojas virtuais ou também e-mail marketing para newsletter, entre outros.

Entre em contato conosco, marque uma reunião e entenda por que é tão importante considerar a força da internet para o bom desempenho da sua empresa.

Como preparar um orçamento de marketing digital

 

Descubra algumas diferentes formas de calcular seu orçamento de marketing digital. Algumas empresas fazem esse orçamento simplesmente por uma porcentagem de sua receita, enquanto outras fazem cálculos um pouco mais elaborados.

Dicas para comprar pela internet com segurança

Método de percentual fixo

O cálculo do orçamento é feito diretamente por uma porcentagem da receita, muitas empresas utilizam desse método no qual consiste em retirar uma porcentagem da sua receita para o investimento em marketing. Para isso, selecionamos alguns trechos de artigos que falam sobre diferentes porcentagens para diferentes tipos de empresa e situações no mercado.

Em empresas menores e de mais simples de gestão, há uma prática antiga de dizer que uma parte do faturamento (normalmente algo entre 3-5%) deve ser direcionado para investimentos em marketing.Assim, você dificilmente vai errar se definir sua verba de marketing para 12 meses dentro de uma faixa entre 5 e 20% do valor financeiro esperado da campanha. O valor inicial poderá ser ajustado para que se torne maior ou menor conforme o equilíbrio entre desejo de ganhar e medo de perder e conforme os resultados reais estejam mais ou menos de acordo com o previsto no seu plano de marketing na internet.

O que é aconselhável para pequenas empresas e startups: 39% das empresas pesquisadas investem entre 3 e 6 por cento da sua receita em marketing, enquanto 40% gasta menos de 2% sua receita. Algumas empresas desse quadro investem mais por necessidade de firmar sua marca no mercado e ganhar market share.Para empresas que têm entre 1 e cinco anos de atuação no mercado, sugerimos o investimento que varie entre 12 e 20 por cento da sua receita bruta, ou projetar seu próprio investimento.

Planos de investimento

Lean Plan: 1 – 2% da sua receita. Na essência, a empresa está querendo manter seu quadro de clientes sem estratégias mais elaboradas. É um investimento ideal para empresas que estão querendo manter seu lugar no mercado e não estão com nenhum plano de crescimento muito ambicioso.

Target Plan: 3 – 4% da sua receita. O objetivo aqui é atrair novas perspectivas e reter os clientes atuais com ferramentas e estratégias avançadas. Isto é ideal para empresas que estão querendo aumentar a sua participação de mercado e tem metas de crescimento moderado (10 – 15% de crescimento anual).

Stretch Plan: 5% ou mais da sua receita. Seu alvo é acelerar seus resultados através da aplicação de mais recursos que estão focados em conversão e vendas. Para fazer isso, você vai usar estratégias de marketing complexas e ferramentas de ponta. Esta opção é ideal para empresas que têm planos ambiciosos para crescer e aumentar a sua participação de mercado (20% ou mais de crescimento anual) “.

budget

Método de orçamento pela margem

Para obter um bom orçamento, muitas empresas usam a seguinte estratégia: analisam o número de vendas ou a receita que obtiveram nos anos anteriores e estudam a viabilidade de crescimento, analisam se no próximo período podem ter crescimento ou se devem se preocupar em manter o ritmo de vendas. No caso das empresas que querem expandir suas vendas, elas devem definir uma meta e fazer as estimativas de vendas esperadas para o próximo período baseado nos dados passados.

Ao ter essa meta definida, a empresa analisa a margem de cada produto, para ver o quanto da margem de cada produto ela vai destinar ao investimento em marketing. Portanto, cada produto contribui com ‘x%’ da sua margem. Ao definir essa porcentagem da margem, basta multiplicar o número encontrado pela meta de vendas da empresa, tendo assim o quanto ela investirá da margem de cada produto em marketing. Uma vez o orçamento formado, a princípio, basta a empresa pensar aonde alocar tal investimento. Para essa definição, então, é importante analisar o retorno das campanhas anteriores.

É importante perceber possíveis sazonalidades na hora da análise dos resultados obtidos, para que não haja distorção, uma vez que, as vendas podem aumentar ou diminuir por conta de outros fatores, como por exemplo, período natalino.

Método de soma dos custos

Esse método é mais utilizado por empresas aonde o setor de marketing faz o orçamento e manda para análise de viabilidade. É necessária uma análise de quanto será necessário para realizar a campanha, isso consiste em basicamente somar os custos de tudo que está envolvido na realização dessa campanha, por exemplo, todos os custos envolvidos com propagandas em jornais, revistas, campanhas de e-mail, rádio, flyers, catálogos. Também incluir qualquer tipo de custo com propaganda online, incluindo, vídeos, manutenção de sites, banner, e-mails marketing, pay-per-click (PPC) ads, manutenção de blogs. Sem se esquecer de incluir nessa conta, custos com design, arte gráfica e tudo mais que for necessário para criar a propaganda.

Método de orçamento pelo mark-up

Para formação do orçamento também é sugerido fazer um cálculo que possibilita uma margem de decisão, ou seja, um mínimo e máximo para investimento. Avaliando mark-up e percentual de custos. Afirma-se que não se pode seguir o padrão de porcentagem da receita, que é estabelecido em outros modelos devido a variabilidade dos setores do comércio, aonde cada setor e produto têm seu próprio mark-up, média de venda e receita.

Vale a pena fazer e-mail marketing?

Não é de hoje que muitas agências e responsáveis pelo marketing das empresas têm dúvidas sobre a relevância do e-mail marketing. Afinal, as pessoas em geral têm o hábito de ignorar e-mails que não são importantes para elas naquele momento. Então, será que realmente vale a pena se esforçar em fazer e-mail marketing? Aqui vão alguns pontos que podem te fazer pensar duas vezes antes de ignorar essa estratégia.

Tenho que mandar e-mails todos os dias?

Uma dúvida comum acontece em relação à periodicidade do envio dos e-mails. Afinal, o envio tem que ser espaçado o suficiente para não ser confundido com uma newsletter (aquele boletim enviado com uma frequência predeterminada ao e-mail do inscrito), mas frequente o suficiente para ser útil. Então, quando fazer e-mail marketing?

Lembre-se de que a estratégia do e-mail marketing é avisar ao cliente sobre promoções ou atividades que sejam do seu interesse, e dificilmente ele vai querer ser lembrado a cada 5 minutos sobre alguma liquidação que está acontecendo durante todo o mês. É importante ter bom senso acerca de quando realmente é necessário disparar a lista de e-mails do seu cliente.

email marketing

Estratégias de e-mail marketing

Uma boa estratégia para definir se o seu público vai realmente se interessar por aquele e-mail é segmentar todos os seus clientes por nichos e mandar e-mails apenas para aqueles que realmente têm altas chances de darem importância ao assunto. Por exemplo, muito dificilmente uma adolescente de 14 anos vai se interessar sobre autopeças cromadas de última geração. Por isso, divida sua clientela por características em comum (idade, gênero, região etc.). Isso diminui e muito as chances de rejeição. Você vai perceber o retorno quase que imediatamente!

A questão sobre se o e-mail marketing realmente vale a pena é se, como toda estratégia de marketing, ela está sendo bem aplicada. De nada adianta investir milhões para querer abordar um cliente que não se interesse no assunto a ser tratado ou promovido se não houver nenhum esforço para ser atrativo. Claro que muitas pessoas ainda têm uma imagem negativa sobre o e-mail marketing, mas ele pode ser muito útil, desde que esteja indo para as pessoas certas.

Especialização em e-mail marketing

Vale lembrar que também é muito importante saber quem escolher na hora de definir uma empresa especializada em serviços de e-mail marketing. E a Target Host é a melhor opção. Aqui, você pode saber como fazer seu e-mail marketing com eficiência. Além disso, oferecemos ótimos planos de hospedagem de sites que cabem no seu orçamento, de maneira segura. Consulte os nossos planos!

Como montar uma loja virtual

O planejamento da sua loja virtual deve ser feito com cuidado. Pense em tudo, desde a aparência e a disposição dos produtos, até as formas de pagamento e de entrega.

Saiba quanto tempo levará para seu e-commerce começar a funcionar. Quanto irá gastar com a hospedagem do seu site, além do domínio, backoffice, serviço de frete, serviço antifraude e certificação de segurança (como SSL e scan de aplicação e IP). Lembre-se que é importante ter um site seguro, mas também deve-se mostrar aos usuários que seu site é seguro. Muitas pessoas prestam atenção nos selos de segurança e você também deve prestar.

Além do mais, para quem está começando com vendas online, é mais recomendável comprar um serviço de intermediadores de pagamentos, que são empresas que irão cuidar de toda a parte financeira com os clientes, tanto em questão de assumir riscos de fraude, tanto com o adiantamento da quantia que você tem para receber.

Eles cobram uma taxa para isso mais uma porcentagem por transação. Ou você ainda pode contratar gateways de pagamento, que oferecem soluções melhores e ainda dão garantia de conexão com as principais redes de cartões de crédito. Eles cobram apenas uma taxa por transação. O processo então, fica mais barato, mas você terá que comprar o antifraude a parte.

O ideal é dividir seu orçamento da seguinte forma: 30% para os gastos com a plataforma, hospedagem e outros recursos para a criação da loja virtual e 70% para o marketing online. A divulgação do seu site é muito importante e requer investimento. Essa é sua melhor chance de crescer.

Custos

De forma geral, o valor total para se construir uma loja virtual podem ser divididos em três seções: custos operacionais, de soluções que serão oferecidas no seu portal; custos com recursos de TI e de estruturação da plataforma, como as open source, as alugadas e as exclusivas; e os custos com a divulgação.

Os valores podem variar de R$ 30 iniciais, como a hospedagem, até R$8.000 no final do projeto, se preferir um site mais sofisticado e com recursos tecnológicos.

Marketing é indispensável

Divulgar seu e-commerce é essencial para conseguir aumentar o número de visitas na loja e conseguir convertê-los em clientes reais. Mas não fique só no básico, crie uma boa estratégia de marketing digital. Você pode fazer e-mail marketing, colocar publicidade em outros sites ou ainda fazer anúncios no Google e nas redes sociais, que dão um ótimo retorno, não são caros e você ainda pode personalizar conforme o público que você deseja atingir.

Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras

Quanto se trata de compras, essa frase é totalmente verdadeira. As pessoas gostam de ver imagens boas e normalmente se interessam pelas mais bonitas. Portanto, faça os usuários se interessarem pelos seus produtos com fotos bem feitas. Por isso, é importante ter fotos profissionais ou pelo menos de boa resolução. Se você tiver um amigo que tem uma câmera profissional ou semiprofissional, é hora de pedir ajuda. Essas fotos serão a primeira impressão dos internautas de sua loja. Segurança também é importante, veja como saber se uma loja online é segura.

A Target Host, oferece serviços de hospedagem de sites, e conta com os melhores servidores para garantir a melhor performance para sua loja virtual. Ligue para nós, em São Paulo (11) 4063-0438 ou no Rio de Janeiro, para (21) 4063-8546 e comprove!