7 dicas para melhorar o trabalho home office

Ok, o seu chefe liberou o trabalho home office. A partir de agora, você vai trabalhar em casa com total liberdade e sem perder tempo no trânsito no trajeto até o trabalho. Mas, antes de começar, vale a pena conferir as 7 dicas para o melhorar o seu trabalho de home office.

Homem trabalhando casa

Trabalhar em casa não é fácil como muitos imaginam. Se você não estabelecer as regras, o que parecia ser um ganho – a possibilidade de fazer home office – pode virar um pesadelo. Portanto, vamos às dicas!

1 – Figurino

Pijama nem pensar! Essa é a nossa primeira dica para o trabalho de home office. Pantufas e pijamas não combinam com trabalho. Ao se vestir dessa forma para trabalhar, você passará a sensação de relaxamento para o seu cérebro e a sua produtividade não será tão efetiva. Por este motivo, a regra é a seguinte: vista-se como se fosse trabalhar normalmente na empresa. Combinado?

2 – Alô, família!

Vai fazer home office na sua casa mesmo, certo? Então é o seguinte: convoque sua família para uma reunião objetiva antes de iniciar os trabalhos. Isso porque todos precisam saber que home office é trabalho. E que você não estará disponível para tarefas simples da casa durante o expediente.

A dica é que todos possam imaginar que você continua na empresa. Isso vai evitar que seu parceiro ou parceira, por exemplo, peça para você acompanhar o funcionário que vai verificar o vazamento da pia do banheiro. Já pensou? Se a sua família achar que home office é “férias”, você vai ficar sempre à disposição dos filhos e das tarefas do cotidiano da casa. Fuja dessa!

3 – Estrutura

Como está a sua conexão com a internet? É preciso ter a segurança de que você não vai ficar off-line de repente e perder aquela reunião via aplicativo que todos já tinham agendado. Internet lenta também é complicado. Você não pode dar desculpas como, por exemplo, “minha internet aqui em casa está lenta e não consigo abrir o arquivo que você me enviou”.

A ideia é que o trabalho de home office funcione tão bem quanto se você estivesse na empresa. Além da internet, há outras questões básicas de estrutura, como telefone, luz, água etc.

4 – Ferramentas

Esqueci na empresa aquela pasta onde consulto todos os detalhes dos clientes. Esqueci na empresa aquele cartão que utilizo para fazer as aplicações. Sempre que faço determinado tipo de serviço, consulto pessoalmente o funcionário daquela área para saber se está tudo correto. Essas afirmações não podem existir quando estamos falando de home office. Todas as ferramentas necessárias para o seu trabalho precisam estar ao seu alcance.

5 – Distração

Cuidado com distrações. Na empresa, você nunca trabalhou com música alta. Mas, ao fazer o home office, quer experimentar o trabalho com aquela música no último volume como pano de fundo. Não vai funcionar! Redes sociais também podem te atrapalhar durante o expediente. Então a dica é focar ao máximo e fugir dessas pegadinhas.

6 – Horário

”Ah, já que estou de home office, vou acordar mais tarde”. “Ah, já que estou de home office, vou trabalhar de madrugada”. Cuidado. A principal dica é seguir o horário que você fazia na empresa. Desta forma, você terá um padrão para seguir e estará com o horário alinhado com os seus demais colegas. Criar horários diferenciados pode te atrapalhar muito em sua rotina.

7 – Liberdade

Por fim, aproveite! É isso mesmo. Home office é um grande benefício e que precisa ser utilizado da melhor forma. Quando se está trabalhando em home office, sua mente fica mais livre para criações e você tem mais liberdade em sua rotina. A dica final, portanto, é aproveitar essa liberdade com sabedoria para somar em seu trabalho. Boa sorte! E bom trabalho.

Conheça a Target Host, empresa que atua no mercado de soluções de internet desde 2003, com locação de espaço para hospedagem de sites na internet e também registro de domínios nacionais e internacionais. Fornece infraestrutura cloud para grande clientes em todos os estados brasileiros e atua na integração de soluções de internet e e-commerce em todos os segmentos do mercado. Clique aqui e conheça nossos planos de hospedagem!

<

Como fazer marketing no Youtube?

Se você é um usuário assíduo do Youtube, gosta de assistir aos vídeos postados pelos mais diversos canais e quer saber como fazer marketing no Youtube, vamos passar neste texto blog as informações necessárias para ordenar suas primeiras ações de divulgação na plataforma.

You Tube Web Site no PC

Nas pesquisas feitas pela internet, o Youtube aparece como o segundo buscador mais usado, perdendo apenas para o Google. Ou seja, quem não encontra no Google ou prefere assistir a um vídeo sobre o assunto pesquisado, utiliza a plataforma.

O marketing no Youtube tem 1 bilhão de usuários ativos. Todos os meses, 6 bilhões de horas de vídeos são assistidas por usuários do mundo todo. Certamente, uma parcela dessas pessoas faz parte do seu público e inclui potenciais clientes.

O primeiro passo de marketing no Youtube é saber se o seu público assiste a canais que têm ligação com seu produto ou serviço. Exemplo: você tem uma loja de produtos para pesca. Os usuários do Youtube procuram vídeos de pescaria? Se sim, você está no caminho certo!

Criando o conteúdo para a campanha de marketing no Youtube

Se seu público consome vídeos regularmente, qual tipo de conteúdo você deve fazer para suas ações de marketing no Youtube? Neste caso, é preciso pensar em conteúdo de qualidade. Não faça um vídeo apenas por fazer, como se fosse funcionar. Não é assim!

Os vídeos precisam ser profissionais, com edição de qualidade, roteiro (começo, meio e fim), de assuntos interessantes para o público e publicados com frequência, em série. Não é apenas com um vídeo bom que aparecerão os resultados através do marketing no Youtube.

Também é preciso pensar em como converter e, para isso, usar o seu próprio domínio e trabalhar com anúncios vinculados a ele pode ser uma ótima solução. O compartilhamento do material é feito no Youtube. Em geral, você ou sua agência de comunicação pode organizar o marketing no Youtube com 4 objetivos principais:

Educar o mercado: seus vídeos são produzidos para ensinar os clientes como seu produto e serviço funcionam, quais são as soluções que eles apresentam.

Tutoriais: para saber como fazer alguma coisa; vídeos que demonstram o passo a passo, do começo ao fim, costumam atrair muitas visualizações.

Vídeo Ad’s: nesse sistema de marketing no Youtube, os anúncios são organizados para aumentar as visualizações dos seus vídeos. É interessante para canais que ainda estão começando, que precisam ganhar relevância.

O marketing no Youtube também pode ser pensado de forma organizada, já que permite integração com outros canais digitais que sua empresa possui. Também é importante trabalhar com vídeos bastante criativos, que sejam inovadores.

Como potencializar sua estratégia de marketing no Youtube com otimização?

Os vídeos precisam ser otimizados, caso contrário seus resultados podem ser inexpressivos. Para isso, será preciso trabalhar a metadata e todo o conteúdo em texto que tenha ligação com o seu material de vídeo, como:

Title Tag: nesse texto, é preciso trabalhar com a Attention Grabbing Optimization, uma prática de SEO voltada a chamar a atenção do público. Para isso, opte por palavras-chave que sejam de interesse do seu público, logo no início do título. Usar letras maiúsculas pode melhorar bastante o resultado.

Descrição dos vídeos: logo no começo da descrição, coloque os links que direcionam as pessoas para o seu site. Utilize palavras-chave e mantenha o SEO equilibrado.

Tags: coloque as tags que podem facilitar o processo para os usuários encontrarem o seu vídeo mais rapidamente.

Com esses passos, já é possível iniciar suas estratégias de divulgação de vídeos. As dicas de marketing no Youtube apresentadas acima estão bastante distantes do universo de diversas pessoas e, por isso, contar com suporte profissional é essencial para obter bons retornos e mensurar os resultados!

Entenda o que é algoritmo e ranqueamento

Para ter um site bem posicionado nos grandes buscadores de pesquisa, como o Google, é necessário criar conteúdos de qualidade e, sobretudo, entender sobre algoritmo e ranqueamento.

Mas o que são esses algoritmos?

O Google usa diferentes fatores para avaliar qual página online deve aparecer primeiro durante as buscas dos usuários. Ao que tudo indica, mais de 200 critérios são levados em consideração para determinar os sites com melhor posicionamento.

E entre esses critérios, existem alguns que têm ainda mais importância. Confira quais são eles e entenda melhor.

Domínio: um dos fatores que são avaliados é o domínio da página, que é o nome dado ao site, usado sempre antes do “.com.br”. O tempo que aquele link está ativo na internet também é considerado.

Palavra-chave: um outro critério que é considerado e usado como algoritmo é o uso da palavra-chave. É importante que cada site avalie o seu segmento e determine quais são os termos mais importantes para aquela área.

Depois de determinar essas palavras, é essencial usá-las ao longo do site, diferentes vezes. Porém, sem um uso exagerado ou extremamente repetitivo.

Links: também é levado em consideração pelo Google se o site analisado divulga links de terceiros, ou seja, links que direcionam o usuário a navegar para uma outra página online.

Vale ressaltar que, antes de usar os links no conteúdo de uma página, é primordial analisar se aquele site tem realmente relevância. Os vínculos feitos precisam sempre ser de qualidade.

Imagens: por último, também é importante colocar, sempre que possível, uma imagem ao longo do site. Essa figura ajuda, e muito, na estratégia de otimização e pode tornar o site mais bem posicionado na página de busca.

Como usar os algoritmos a favor do site?

Para que o site seja bem desenvolvido e leve em conta os algoritmos do Google, é primordial que a página contrate o serviço de SEO, termo que vem do inglês, Search Engine Optimization.

Resumidamente, o SEO é o conjunto de estratégias usadas para melhor posicionar os sites através da boa implementação dos algoritmos. Hoje em dia, já é possível encontrar profissionais e empresas especializadas em Search Engine Optimization.

E o que é o ranqueamento?

O ranqueamento, como bem explicado pelo próprio nome, é o ranking dos melhores sites, dependendo da pesquisa feita pelo usuário. Quanto melhor forem usadas as estratégias de otimização, mais bem posicionada a página estará para o Google.

Quais os benefícios do ranqueamento?

Estar em uma boa posição do ranking do Google é primordial para os sites por diferentes motivos. Os principais são:

Ser mais visto: quando um site tem uma boa posição nas buscas, ele é mais visto pelos usuários. O que é extremamente vantajoso para todas as páginas online.

Mais chances de visita: quanto mais visto um site for, maiores são as chances de novos usuários visitarem a página e acabarem descobrindo a marca ou empresa em questão.

Fácil de encontrar: um outro benefício é que sites melhores ranqueados são bem fáceis de serem encontrados..

Como saber mais sobre essas estratégias?

Para entender melhor sobre as estratégias online, entre em contato com os profissionais treinados da Target Host , empresa especializada em soluções digitais, ofertando uma série de produtos, atendendo os clientes de forma exclusiva e satisfazendo as suas necessidades digitais, garantindo destaque e posicionamento online!

Principais erros dos e-mails marketing

Os erros do e-mail marketing podem prejudicar a estratégia de comunicação das empresas que apostam em um contato mais próximo com o cliente. O cliente que autoriza uma relação mais direta com uma empresa que presta serviço ou oferece produtos de seu interesse está dando uma ótima oportunidade que não pode ser desperdiçada. Caso contrário, ao invés de abrir portas e criar possibilidades de vendas, a estratégia de envio de e-mails marketing pode se tornar um grande problema.

Confira a seguir os erros mais comuns que encontramos para apresentar aqui para você!

Pedir para não responder o e-mail marketing

Já pensou em uma conversa na qual só uma pessoa pode falar? As empresas que mandam o e-mail marketing e colocam o aviso de “não responda” estão interrompendo um canal de comunicação precioso com o cliente, além de demonstrarem que possuem o interesse apenas na divulgação.
E se o cliente ficar com alguma dúvida? Se precisar saber sobre outros modelos, pacotes e tamanhos? É importante interagir com os clientes e o e-mail marketing é uma ótima ponte para isso.
Assuntos que não chamam a atenção
A criatividade é essencial para chamar a atenção do público que recebe o e-mail. Um dos erros do e-mail marketing é criar títulos para o campo de assunto do e-mail que não são interessantes, não são claros ou objetivos, não combinam com seu público e não são inovadores.

É preciso ousar no título do e-mail marketing, sempre na medida certa. Pense em um assunto que crie a curiosidade ou chame a atenção do cliente para abrir o seu e-mail. Este é o objetivo, e o assunto interfere diretamente na taxa de abertura.

Escolha o remetente e mantenha-o por muito tempo

Outro erro é trocar de remetente, confundindo o cliente e quebrando o elo de confiança. Você costuma abrir e-mails de empresas ou pessoas que não conhece? O seu público também não abre! É importante confiar no remetente do e-mail marketing, seja um especialista ou o nome da sua empresa.

Não faça e-mail marketing pesado e denso

Apresentar muito conteúdo, textos longos e excesso de informação é um erro comum entre as empresas. O e-mail marketing precisa ir direto ao ponto, apresentar o produto que está sendo vendido ou tentar obter a conversão com frases curtas e parágrafos pequenos. As imagens também contam bastante.

E-mails marketing enviados sem frequência

Não ter uma agenda de envio, com periodicidade e planejamento é um grande erro. Se seus e-mails são enviados “de vez em quando”, sem data e horário definidos, você está desperdiçando uma grande oportunidade de vendas.

Não existe uma fórmula certa para a frequência de envio do e-mail marketing, já que isso varia muito conforme o público, o produto ou serviço oferecido, entre outras informações. Mas é certo que os seus leads devem se acostumar a receber os seus e-mails. Isso só acontece com rotina – o material deve ser enviado no mesmo dia e horário, se possível. Já pensou na frustração do cliente que está esperando o e-mail com as promoções da semana e a mensagem não chega? Isso é muito ruim!

Não usar e-mail padronizado

Abuse da criatividade, sem manter a padronização. Ao abrir um e-mail marketing da sua empresa, o cliente deve reconhecer imediatamente. Saiba mais acessando nosso post sobre as vantagens do e-mail marketing.

A identidade visual é indispensável no e-mail marketing, embora pequenos ajustes e alterações pontuais sejam necessárias. O template não precisa ser alterado a todo momento, o ideal é deixar o cliente se acostumar e se sentir à vontade com sua estratégia de comunicação.

A Target Host, empresa especializada em soluções digitais, oferece uma série de produtos, como planos de e-mail marketing. Fale diretamente com o seu público sem cometer erros que possam comprometer seus resultados!

5 exemplos de e-mail marketing para se inspirar

O marketing digital possui diversas ferramentas de atração dos consumidores para e-commerces. Sua caixa de e-mail pessoal neste momento deve estar repleta de mensagens chatas, que são pouco criativas, estão longe de serem interessantes e que vão diretamente para o lixo. Essas mensagens ignoradas são, provavelmente, fruto de um trabalho ineficaz de e-mail marketing, que envia correios eletrônicos promocionais para as pessoas de forma amadora e, até mesmo, abusiva.

O e-mail marketing eficiente precisa surpreender e encantar o público, além, é claro, de ser enviado com a devida autorização do destinatário. Quando encontramos um e-mail assim, somos capazes até de compartilhar a mensagem com nossos amigos e acabamos por recomendar a marca, o produto ou o serviço para outras pessoas. Mas será que o e-mail marketing realmente funciona?

Homem recebendo e-mail no celular e notebook

 

Se a campanha de e-mail marketing for profissional, criativa e interessante, ela vai chamar a atenção do público. O e-mail marketing eficiente é planejado do começo ao fim com estratégias de marketing profissionais. Estas, vão desde a inclusão de conteúdo personalizado, até o call-to-action. As informações devem ser interessantes. Também é ideal que contenha imagens e gráficos que façam sentido no contexto do e-mail. Cada mensagem precisa ser elaborada para ter seu papel específico no funil de vendas.

Não basta investir em um bom título do e-mail marketing, é preciso ir além. Por isso, separamos para você se inspirar 5 exemplos de e-mail marketing que são completos e que servem para nortear as suas ações. Essas mensagens vão te ajudar na elaboração de estratégias para que o seu público acompanhe as mensagens do fluxo de automação. São propostas de marketing de multinacionais e que servem de modelo para as ações de empresas de pequeno, médio e grande porte.

Tratando-se de exemplo de e-mail marketing, empresas como a Amazon, Starbucks, Dropbox, Calvin Klein e Uber dão um verdadeiro show. E, claro, colhem excelentes resultados com os seus clientes. A seguir, estão as abordagens criadas para essas companhias. Você vai conseguir perceber como todos os detalhes fazem a diferença!

1. Amazon

O formato de e-mail marketing da Amazon é muito interessante, principalmente para os clientes que precisam confirmar o pedido. Outra boa sacada dessa estratégia é trabalhar bem com os produtos relacionados.

Os clientes realmente se interessam e acabam levando alguns produtos a mais. Também é possível acompanhar a compra através do rastreamento do pacote. Um excelente exemplo de e-mail marketing!

2. Uber

A Uber elabora campanhas de e-mail marketing incríveis e com um nível de simplicidade tremendo. O e-mail chega com alguma promoção, com descrição breve e um call to action simples, mas que funciona. O exemplo de e-mail marketing também se destaca pelo design, muito agradável e certeiro. Reforça a marca e atrai os clientes, de forma parceira e convincente.

3. Starbucks

A simplicidade do exemplo de e-mail marketing da Starbucks também impressiona e é preciso dizer que faz muito sucesso. A mensagem é clara e tem o que realmente interessa ao cliente: desconto de 15%. O apelo da mensagem é simples, diz que está sentindo falta do cliente, adota um tom íntimo e emocional para atrair e fidelizar o consumidor. Demais!

4. Dropbox

A Dropbox também é muito legal, diferente e persuasiva no e-mail marketing, graças aos emoticons, que são desenhos animados especiais. A mensagem da empresa também vai direto ao ponto, algo importante para quem está recebendo o e-mail, sem forçar a barra.

Trata-se de um e-mail para que a empresa lembre ao cliente que ela existe, sem rejeição. Para isso, é interessante enviar um cupom de desconto ou outro benefício.

5. Calvin Klein

Se o cliente Calvin Klein se interessou por “camisas de vestir” ou “camisas”, vai receber esse e-mail marketing por ter pesquisado essas palavras-chave. Assim, a marca se coloca como parceira para recomendar produtos relacionados, que podem interessar ao perfil do cliente. As chances de o consumidor voltar para a página para fazer a compra são muito boas!

Assim como essas grandes empresas, a dica para quem está empreendendo no universo digital é conseguir estabelecer uma comunicação atraente e assertiva com os clientes potenciais. Vale a pena encontrar o tom da comunicação e os formatos que mais agradam!

É muito importante saber quem escolher na hora de definir uma empresa especializada em serviços de e-mail marketing. A Target Host oferece os serviços necessários, além de outros planos e serviços que cabem no seu orçamento, de maneira segura e eficiente. Consulte os nossos planos!

Google Ratings: Saiba como deixar a sua avaliação

O Google Ratings é um serviço criado pelo Google, que permite que usuários realizem avaliações com classificações de até 5 estrelas para empresas e locais que visitam. As avaliações permitem que clientes possam compartilhar sua opinião geral sobre uma empresa, além de também serem públicas. Portanto, qualquer pessoa pode ver o que estão dizendo sobre seu negócio, tornando-se uma ótima maneira de melhorar sua reputação.

Como funciona o Google Ratings?

Os resultados aparecem para as pessoas que pesquisam pelo nome da empresa, mas também podem ser resultados locais, caso alguém procure, por exemplo, por empresas e lugares próximos de onde ela está. Os resultados são exibidos no Google, e o local aparece destacado ao lado das pesquisas, conforme demonstrado na imagem abaixo.

 

 

Como as avaliações são públicas, não é possível realiza-las anonimamente. Além das estrelas e do comentário, também é possível verificar quem foi o autor da avaliação. O Google também usa medidas automatizadas para a detecção de spam e remove avaliações do tipo. Além disso, qualquer avaliação que possa ser julgada como falsa, também pode ser removida.

Como deixar uma avaliação?

No computador:
  1. Em um computador, abra o Google Maps e verifique se está logado.
  2. Pesquise pelo local desejado.
  3. O local deverá aparecer à esquerda. Role a tela para baixo e clique em Avaliar.
  4. Na janela exibida, será possível deixar a sua avaliação e inserir a quantidade de estrelas que dá para o local.
No celular:
  1. Em um smartphone, abra o aplicativo do Google Maps Google Maps.
  2. Pesquise pelo local desejado.
  3. Na parte inferior, toque no nome ou endereço do lugar.
  4. Na parte superior, toque em Avaliações.
  5. Role a tela para baixo até ver cinco estrelas vazias.
  6. Toque nas estrelas para classificar o lugar. Também é possível escrever uma avaliação.

 

As avaliações ficam disponíveis no Google enquanto o usuário não a excluir. Depois de publicada, também é possível editar editar ou alterar a classificação das avaliações.

E se você possui um negócio, também é possível criar um link e enviar a seus clientes para que eles avaliem a sua empresa.

Como criar um link de avaliação:
  1. No computador, pesquise sua empresa no Google.
  2. Encontre a ficha da sua empresa e clique em Avaliar.
  3. Copie e cole o URL exibido na barra de endereço.

Uma empresa com uma boa reputação, pode se destacar nas pesquisas do Google, conseguindo captar novos clientes.

 

E você, cliente TargetHost, já faz sua avaliação? Caso ainda não tenha deixa feito, acesse trgbr.com/avsp e compartilhe sua experiência! A sua opinião é muito importante para nós.

>

 

O que é SAC?

Mulher apontando emoji feliz

O Serviço de Atendimento ao Consumidor – SAC é um sistema dedicado ao atendimento ao cliente. Sua função é solucionar problemas, tirar dúvidas sobre produtos e serviços, receber reclamações e sugestões, auxiliar no processo de compra e troca de mercadorias; e também oferecer um serviço de comunicação para compreender melhor a necessidade de cada cliente.

Atualmente, com tanta competitividade, oferecer um bom SAC é um diferencial importante para potencializar o atendimento ao cliente; o que vai garantir alguns diferenciais no relacionamento com o público. O atendimento é muito importante para a negociação, para concretizar vendas, para fidelizar cliente e resultar em uma boa avaliação de uma empresa.

Hoje, as avaliações dos consumidores e comentários em redes sociais e sites são muito importantes para a imagem da empresa. O Setor de Atendimento ao Cliente também pode ser visto como um mecanismo essencial para melhorar a satisfação dos consumidores. Nesse contexto, é possível entender melhor o que é o SAC e como ele é fundamental para as empresas.

Como oferecer o SAC?

O SAC pode ser feito por telefone e, normalmente, apresenta uma forma padrão de atendimento. Para facilitar a realização do serviço, as empresas buscam parceiros especializados em SAC e terceirizam o atendimento.

Porém, atualmente, existem outras formas de SAC, como, por exemplo, via e-mail, chat e redes sociais. Mesmo assim, os atendentes seguem um modelo padronizado de atendimento. Um bom Serviço de Atendimento soluciona na hora o problema do consumidor. Não há necessidade de ficar transitando entre os diversos setores para apresentar uma resposta. Se precisar procurar mais de uma vez a empresa para resolver o mesmo problema, os clientes ficam muito insatisfeitos.

Tratamento profissional, com empatia e vontade de resolver o problema

O SAC se posiciona como um atendimento institucional de uma empresa, por isso, tem que ser padronizado e profissional. Porém, os atendentes precisam ter empatia pelos clientes, vontade real de resolver o problema, interesse verdadeiro em escutar sugestões, estar dispostos a ajudar o quanto for preciso para que o cliente se sinta satisfeito.

Para isso, o SAC precisa responder com agilidade em todos os canais. O cliente que é bem atendido abre um novo espaço para a comunicação e estabelece um novo relacionamento com a empresa.

Canais de atendimento do SAC

Muitas empresas investem em SAC com software omnichannel, onde os clientes podem entrar em contato com a empresa por diversos canais, sendo que os operadores possuem acesso integrado a todos eles.

O cliente é atendido de forma personalizada, com atenção em todos os detalhes e possibilidade do registro da informação no perfil do consumidor. Assim, todos os históricos de reclamações ficam registrados.

Através do SAC, a empresa pode reunir informações diferentes do consumidor, que são essenciais fidelização do cliente.

O histórico dos atendimentos também possibilita se relacionar de forma mais eficiente com todos os clientes. Utilizando relatórios detalhados, é possível descobrir quais são os problemas mais recorrentes.

O SAC também é preparado para monitorar as redes sociais. Nesse caso, é possível notar quando a empresa, seus produtos e serviços são citados na internet e a quantidade de reclamações ou elogios, além de conhecer o perfil dos clientes que preferem a internet para o Serviço de Atendimento ao Cliente e determinar o tempo de resposta para cada tipo de problema.

Como é possível perceber, o SAC tem uma tarefa muito importante na criação de estratégias de relacionamento com o público. Ele interfere diretamente na imagem que a empresa tem no mercado e é indispensável na fidelização.

A Target Host é uma empresa de hospedagem de sites que oferece estrutura completa para lojas online que precisam ter um SAC bem produtivo para atender aos clientes! Faça contato e saiba mais!

<

O que é spam?

SPAM é a sigla de “Sending and Posting Advertisement in Mass”. Na maior parte dos casos, um spam acontece quando há envio de publicidade em massa. No dia a dia, as mensagens eletrônicas que chegam em grande quantidade aos nossos e-mails, blogs, redes sociais e outras plataformas, podem ser configurados como SPAM.

O objetivo do SPAM, na maioria das vezes, é vender produtos e serviços para os destinatários. Porém, em alguns casos, as mensagens podem conter material impróprio ou criminoso; como vírus para obter dados pessoais dos usuários da rede (número do cartão de crédito e senha bancária, por exemplo).

Quem espalha SPAM é chamado de “spammer”. Quando as mensagens são enviadas com um objetivo comercial, de boa-fé, elas podem conter promoções, novidades sobre produtos e serviços, entre outros conteúdos publicitários.

Quando o SPAM é criminoso, em geral, solicita que o usuário preencha um formulário com informações que tenham dados do cartão de crédito, para pagamento de algum boleto, alerta sobre atraso no pagamento de faturas, entre outros golpes. É preciso tomar bastante cuidado!

Tipos mais comuns de SPAM

SPAM para golpes e estelionatos

Infelizmente, uma grande parte dos SPAMs são criminosos e feitos com o objetivo de dar um golpe na vítima. Por isso, a recomendação é duvidar de e-mails e mensagens que ofereçam grandes vantagens. Se pedirem para preencher um formulário, desconfia. Empresa de telefonia, gás, energia também não costumam enviar e-mails para seus clientes. Também é importante duvidar de qualquer e-mail que esteja com o endereço do seu banco. Neste caso, fale com o seu gerente!

SPAM para publicidade

Esse é, sem dúvidas, o tipo de SPAM mais popular que existe. Diariamente, somos vítimas de uma enxurrada de e-mails e mensagens eletrônicas promocionais, que são divulgações de produtos e serviços.

SPAM que tem vírus

O SPAM também pode conter vírus e infectar o computador do usuário. Por isso, a recomendação é não abrir e-mail, link e outras mensagens que você não conheça.

Outros tipos de SPAM

Existem também outras maneiras de propagar SPAM, entre elas, boatos e notícias falsas que são espalhados por meio eletrônico e digital, correntes e simpatias que pedem o compartilhamento da própria mensagem para que um milagre aconteça ou uma arrecadação de fundos para um objetivo nobre, além de mensagens que contenham material ofensivo sobre alguma empresa, instituição ou pessoa.

Dicas anti-SPAM

Como já explicamos acima, uma grande quantidade de SPAM é enviada com vírus e com o objetivo de lesar financeiramente o usuário. Além disso, o excesso de propaganda que nós recebemos todos os dias causa transtornos, desorganiza nossa caixa de e-mails, traz informações inúteis sobre produtos nos quais não estamos interessados, entre outros desconfortos.

Por isso, é importante se proteger contra o SPAM e, para isso, separamos algumas dicas que podem ajudar bastante a lidar com essas mensagens indesejadas.

  • Se não conhece ou desconfia do conteúdo de alguma mensagem, não abra!
  • Jamais coloque informações pessoais e bancárias em sites duvidosos.
  • Não clique em links que são enviados por SPAM.
  • Não informe seu e-mail para fontes suspeitas.
  • Se possível, tenha um e-mail pessoal e outro e-mail só para ser usado para fins comerciais e promocionais, usando este para cadastros em empresas.
  • Tenha um programa anti-spam eficiente.

A Target Host, empresa de soluções de internet, é especializada em hospedagem de sites. Para utilizar todas as vantagens da tecnologia em sua empresa, é só falar com o setor de atendimento agora mesmo! >

 

Saiba como otimizar seu site

Ícones gráficos relacionados a internet, busca e redes sociais

Uma das principais estratégias usadas por quem pretende melhorar o posicionamento do seu site na pesquisa do Google é o SEO. Essa técnica é eficiente e traz muitos resultados.

Mas o que é o SEO?

O SEO, termo em inglês que significa Search Engine Optimization. Nada mais é do que otimizar seu site usando diferentes técnicas. Essa estratégia faz parte do Marketing Digital e pode ser usada por marcas de pequeno, médio e grande portes.
O principal objetivo do SEO é tornar um site mais relevante e fazer com que ele apareça como uma das primeiras opções para os usuários que buscam por palavras-chave que tenham similaridade com o tema, serviço ou produto ofertado por determinada empresa.
Se bem aplicada, essa técnica melhora o posicionamento da página. Além de trazer uma série de cliques orgânicos ao site, ou seja, acessos gratuitos e feitos sem qualquer mídia paga ou promoção.

E como o SEO é feito?

Para que a otimização seja feita da maneira correta, é necessário seguir diferentes diretrizes. As três principais são: reputação, autoridade e popularidade.

Pode-se entender como reputação a estrutura do site e tudo o que compõe a página, como carregamento, distribuição de conteúdo e carga, entre outros.

Quanto melhor for o esqueleto do sítio, maior será a sua reputação. Também é importante ser um site que se adapte aos mais diferentes equipamentos de acesso.

Também importa o conteúdo que o site publica e divulga; é indicado postar textos que realmente tenham relevância para os usuários. Assim, a página somará pontos na otimização.

Por último, ainda existe a popularidade. Pode-se compreender como popular, um site que é mencionado em muitas outras páginas.

Quais os benefícios do SEO?

Essa técnica é muito vantajosa e traz uma série de benefícios aos sites; como aumento de visitas à página, melhoria das vendas ou da contratação de serviços de uma empresa.

Além disso, é válido pontuar que o SEO é mensurável. É possível quantificar os resultados trazidos por essa estratégia, o que não acontece em mídias mais tradicionais, como as televisões, rádios e jornais.

Qual empresa oferece o serviço de otimização?

Para quem tem interesse em otimizar o site, é importante procurar uma empresa com expertise, assim como a Target Host. Ela conta com uma equipe de profissionais treinados e capazes de ofertar um SEO de qualidade a todos os interessados.

Os especialistas da empresa entendem de cache de página, cache de banco de dados, planejador de palavras-chave, SEO On-Page e Off-Page e de muitas outras ferramentas que podem ser utilizadas durante um trabalho de otimização.

A Target Host consegue diminuir a porcentagem de abandono de carrinho, um problema comum entre as lojas virtuais. Os profissionais da empresa atuam diretamente nessa carência, buscando certificados de segurança para o site, selo de blindagem, facilitando o processo de finalização de compra, melhorando a busca da página e ainda executando a homologação de diferentes métodos de pagamento.

Como o site ficará depois do serviço da Target Host?

Para ficar mais simples e prático de entender, a Target Host exemplifica os resultados que seu trabalho pode trazer aos clientes. Depois de passar por todas as etapas de SEO, o site pode ficar dezenas de vezes mais rápido, reduzindo o tempo de acesso à página. É possível aumentar em até 62x a velocidade de acesso ao site. Solicite mais informações sobre os serviços! <

Como usar meu site em uma estratégia de inbound marketing?

Nos últimos tempos, cada vez mais tem se falado em uma nova forma de fazer marketing, com o objetivo de conquistar e manter mais clientes e de forma mais assertiva. O inbound marketing tem sido responsável por excelentes resultados em diversos projetos e ela também pode ser usada para o seu negócio. Mas, para isso, talvez seja necessário realizar alguns pequenos ajustes em seu site ou na estratégia usada na sua comunicação. Vamos explicar melhor sobre o assunto.

inbound marketing

O que é inbound marketing?

Primeiramente, precisamos esclarecer o que seria exatamente o inbound marketing. Muitas vezes, é traduzido por Marketing da Atração. O que já introduz bastante a dinâmica da prática: criação de conteúdo tendo em vista a atração de um público-alvo específico, para que futuramente se possa comunicar com o cliente em potencial de forma direta e, assim, manter um relacionamento duradouro.

Desta forma, temos dois pontos principais para que o inbound marketing funcione:

1) Nos primeiros passos, a sua empresa precisa estar em segundo plano, afinal, no inbound marketing, a conquista se dará pelo conteúdo oferecido.

2) De alguma forma, é preciso garantir que esse relacionamento seja prolongado. O cliente em potencial será cada vez mais conquistado, por etapas. Essa é a definição de um funil de vendas.

Talvez, seja mais fácil de entender ao ver uma representação visual do que é um funil de vendas.

O conceito de funil de vendas

O inbound marketing considera que cada cliente em potencial precisa de etapas para que se transforme em uma conversão, e assim se torne um cliente fidelizado. E faz parte da estratégia se preparar para todas essas etapas também.

Existem pelo menos 4 principais etapas dentro de um funil de conversão. São eles:

  • Topo – Captação
  • Meio – Convencimento
  • Fundo – Conclusão e retorno

No topo, estão todas as pessoas que se interessam pelo assunto que você oferece, mas que sequer sabem que precisam do seu produto ou serviço. Para conquistar essas pessoas e passá-las para a próxima etapa, é importante expor seu conteúdo, não só em redes sociais, mas também em artigos no blog do seu site ou em vídeos, por exemplo. E, lembrando: a sua empresa precisa estar em segundo plano. Aqui, o cliente será convencido apenas pelo conteúdo oferecido na comunicação.

Entretanto, é necessário já conseguir criar um vínculo com o cliente em potencial de alguma forma. A captação do e-mail é uma técnica bastante usada. Por exemplo: se a sua empresa é uma academia, vale a pena criar um blog falando sobre os benefícios de uma vida saudável, sem mencionar a sua marca de forma alguma neste primeiro momento, mas já oferecendo mais informações por e-mail.

O meio é a etapa em que a sua empresa será relacionada ao conteúdo que foi oferecido. Nesse caso, é importante não só transformar esses visitantes em leads, mas também os qualificar de acordo com seu comportamento. E esse comportamento será analisado de acordo com chamadas e ofertas que serão comunicadas diretamente para esse cliente ainda em potencial. Por isso, não tem como prever quantas etapas serão necessárias para que essa conversão aconteça.

O fundo do funil é a conclusão, a conversão em si. E agora é hora de convencer o cliente de que a sua empresa é a melhor e vai poder resolver as necessidades dele. E mais: manter o cliente no fundo do funil, sempre o fazendo converter de novo e de novo. Para que isso funcione, é fundamental ter um planejamento assertivo de e-mail marketing e remarketing, por exemplo.

Quais os benefícios do inbound marketing?

Tendo em mente que a parte de convencimento do cliente se dará apenas do meio para o final do funil, fica mais fácil estabelecer um relacionamento mais próximo dos clientes em potencial, afinal o poder de persuasão é aumentado. Assim, você consegue aumentar o ticket médio e, consequentemente, os resultados.

Outro ponto positivo é que o ciclo de venda se torna menor e, consequentemente, mais fácil uma nova conversão pelo mesmo cliente.

Como posso usar meu site para isso?

Ao longo do artigo, citamos alguns veículos de comunicação que podem ser utilizados para o inbound marketing. Blog, captação de e-mail, remarketing… Essas coisas demandam um serviço de hospedagem.

Considere formar uma equipe ou procurar uma empresa especializada em marketing digital que possa ajudar sua empresa a criar uma campanha adequada de inbound marketing.

Hospedagem de sites

Se você ainda não tem um site que comporte uma grande estratégia de inbound marketing ou um serviço de e-mail marketing, não deixe de procurar sobre o que a Target Host, empresa de soluções em internet, tem a oferecer. Entre em contato conosco agora mesmo e saiba mais detalhes sobre nossos serviços e planos de hospedagem de sites. >