Como proteger seu e-commerce de ataques DDoS?

Mais do que nunca, proprietários de sites precisam se proteger contra os hackers. Segundo o grupo Mz, ataques cibernéticos contra empresas brasileiras cresceram 220% apenas no primeiro semestre deste ano em comparação ao mesmo período de 2020. 

Entre as ações mais utilizadas pelos criminosos, destaca-se o Distributed Denial of Service, conhecido como DDoS. Embora não seja uma invasão ao sistema, esse tipo de ataque gera grandes consequências para o seu negócio, inclusive para um e-commerce. Neste artigo, iremos explicar melhor como funciona essa prática e como evitá-la. Confira!

 

O que é DDoS?

Antes de tudo, precisamos entender o que é DDoS. Neste ataque, o hacker gera inúmeras solicitações ao servidor de um site, não abrindo margem para atender novas demandas. Com isto, a rede fica sobrecarregada e, como consequência, a página cai. 

A prática funciona de maneira distribuída. Ou seja, um único hacker realiza milhares de solicitações em um site através de centenas de computadores diferentes.

Embora não seja um ataque ao sistema, o DDoS não deixa de ser perigoso. Isso porque seu estrago a longo prazo pode prejudicar os negócios. No caso de um e-commerce, por exemplo, a queda do endereço online gera uma frustração na experiência de compras do cliente. 

Além de perder uma venda, a loja virtual fica vulnerável a críticas. Com as redes sociais, a credibilidade das marcas é colocada à prova a todo tempo. 

 

Tipos de ataques DDoS

Como o objetivo do DDoS é sobrecarregar o sistema, os hackers costumam utilizar três ações em seus ataques. A seguir veremos quais são e como funcionam:

 

  • Protocolo

Aqui, os hackers conseguem indisponibilizar o servidor, impedindo que usuários legítimos acessem o site. Para isto, os cibercriminosos utilizam endereços de IPs inválidos para congestionar a camada de transporte do protocolo, fazendo com que o usuário perca contato com o servidor. 

 

  • Aplicação

Esta ação causa grande preocupação para os proprietários de e-commerce. Isso porque o DDoS de aplicação ataca o servidor HTTP da página. Quando há muitas solicitações, o site cai e a loja virtual fica disponível para finalizar vendas.

 

  • Amplificação

Já para os ataques de DDoS de amplificação, os hackers costumam usar falhas no memcached, sistema de cache em memória. Com isto, os cibercriminosos conseguem ampliar seus ataques milhares de vezes.

 

Como proteger seu e-commerce de ataques DDoS?

Alguns cuidados no sistema de segurança são essenciais para ter credibilidade com o seu e-commerce no meio digital. Entre as ações contra o DDoS, por exemplo, podemos destacar o anti-DDoS, uma solução que analisa tráfegos e identifica ataques maliciosos.

O recurso bloqueia IPs ilegítimos e impede ataques hackers ao servidor, liberando acesso apenas a usuários autênticos. Na TargetHost, alguns planos, como Servidores Cloud Windows, contemplam o anti-DDoS Pro. 

 

Garanta segurança para o seu e-commerce

Invista na segurança do seu e-commerce e contrate o serviço de anti-DDoS. Na TargetHost, empresa de hospedagem de sites, você encontra planos de otimização de site e segurança para o seu negócio online com os melhores preços do mercado. Entre em contato conosco e saiba mais!